Encontro em torno de André Ceciliano reúne mais de 10 mil pessoas

Para o Rio de Janeiro ser feliz, Lula presidente, Freixo governador e André Senador
03/04/2022

“André vai ajudar a gente a fazer com que o Rio volte a ter emprego, vencer a violência e ser um estado símbolo para o Brasil”, afirmou o ex-presidente Lula em vídeo exibido no evento

Mesmo com a chuva forte que caiu na Baixada Fluminense desde a madrugada, a casa de show, Via Music Hall (antiga Via Show), em São João de Meriti, ficou pequena neste sábado (30) para receber todos que marcaram presença no Grande Encontro Defesa do Rio, promovido pelo PT em torno do pré-candidato do partido ao Senado, deputado André Ceciliano, presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). As catracas da casa registraram a passagem de 12 mil pessoas.

Conhecido pela sua capacidade de diálogo, André conseguiu reunir uma grande quantidade de prefeitos, deputados estaduais, federais e vereadores de praticamente todos os partidos, além de representantes de sindicatos, como a CUT e movimentos como o MST, até entidades patronais, como a Associação dos Supermercados e a Rio Indústria.

“Aqui tem vascaíno, como o vereador Lindbergh Farias, até flamenguista, como o deputado Dr. Luizinho, mas uma coisa nos une, acima de tudo, que é o Estado do Rio de Janeiro”, foi como André iniciou o seu discurso, logo após a exibição de um vídeo enviado pelo ex-presidente Lula especialmente para saudar os participantes do evento. Outro que também enviou sua saudação por meio de vídeo foi o pré-candidato ao governo do estado, Marcelo Freixo.

“O André pode ser a grande solução para o Estado do Rio de Janeiro. Levantar a moral do povo e ajudar a gente a fazer o Rio de Janeiro ter de novo empregos, a vencer a violência e voltar a ser um estado símbolo do Brasil”, disse Lula em sua mensagem.

O presidente do PT-RJ, João Maurício, também reforçou a importância do evento para o Rio de Janeiro e fortalecimento de todo o estado.

“O grande encontro de lançamento da pré-candidatura do André Ceciliano ao Senado reafirmou a importância de toda a sua trajetória de luta para a população fluminense. Representa a defesa do Rio de Janeiro, o fortalecimento da democracia e a luta pela recuperação do estado. É lula lá e André aqui”, defendeu o presidente do PT-RJ.

André reforçou em seu discurso seu perfil conciliador e destacou a importância do processo político para uma verdadeira mudança no estado.

“Um sujeito falou assim: mas eu vi você beijando o governador. Tem uma foto sua beijando o governador. Tem uma não, tem mais de vinte. Que eu faço assim com todo mundo. Com muito respeito, mas com posição política. Eu não me envergonho do meu partido, nem me envergonho de ser político. O meu único partido foi o PT, quando alguns saíram, nos piores momentos, nós fizemos questão de ficar, de botar a estrela no peito e defender o legado do presidente Lula e da presidenta Dilma. Como eu disse no início, seguramente temos torcedores aqui de várias correntes, mas o que a gente precisa nesse momento é unificar o estado do Rio de Janeiro. É buscar para o estado do Rio de Janeiro, como falou o presidente Lula, o desenvolvimento econômico e o emprego, por que é muito importante em momento de crise que o Estado possa ajudar as famílias mais pobres com o auxílio”.

 

ENCONTRO ECLÉTICO

Do presidente da União Brasil, prefeito Waguinho (Belford Roxo), que apoia a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, até a deputada Jandira Feghali, do PCdoB, partido que está com o presidente Lula, André não apenas deu uma demonstração de força política, mas também do carinho que conquistou ao longo dos anos.

“Além de um ser um grande deputado e um presidente da Alerj que consegue construir o diálogo, ele é um ser humano extraordinário, disse o prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo (PSB). “O André tem a característica de ouvir e resolver. Todos os momentos que minha cidade teve problemas, ele abriu as portas de onde eu não conseguia chegar”, disse o prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa (PP).

“Quem me ligava todos os dias, no auge de pandemia, perguntando como a Assembleia Legislativa poderia fazer para ajudar era o deputado André Ceciliano”, lembrou em discurso o deputado federal Dr. Luizinho, presidente do PP-RJ e coordenador da Comissão Externa de Enfrentamento da Covid-19 na Câmara Federal. “Pensamos diferente em muitas coisas, mas o Rio de Janeiro nos une”, disse.

O deputado estadual Luiz Paulo (Cidadania) discursou em nome de todos os parlamentares da Alerj. “Além da capacidade de diálogo, o André conhece profundamente os problemas do estado e tem como pauta principal a recuperação econômica do Estado do Rio de Janeiro”, afirmou.

O presidente do PROS, deputado Max Lemos,  afirmou que “se hoje o Rio de Janeiro está batendo recordes de arrecadação, isso se deve em boa parte aos projetos que André aprovou na Alerj. “Ele pacificou a política do Rio”, disse Max, para quem André no Senado será um grande embaixador do Rio em Brasília.

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.