Provocações: Consciência Negra

Para além da polêmica de um dia da consciência negra ou  todo o dia é dia de consciência,o que importa assinalarmos  um momento especial de reflexão.
Por ocasião do mês de novembro e os debates a cerca da  “negritude” recuperamos uma entrevista do saudoso Antônio Abujamra em seu programa Provocações que foi ao ar em novembro de 2014 onde coleta 3 entrevistas  históricas com Dexter, GalMartins e Helio Santos.

 

Entrevistados:

HELIO SANTOS 

-Doutor em Administração. Mestre em Finanças (Faculdade de Economia e Administração da USP). Palestrante e
consultor na área de gestão da diversidade (inclusão de mulheres, negros e pessoas com deficiência no mundo
corporativo). Autor do livro “A busca de um caminho para o Brasil: a trilha do círculo vicioso”, ensaio que explicita o
vínculo entre desenvolvimento e inclusão sociorracial. É diretor-presidente do Instituto Brasileiro da Diversidade – IBD e ocupou a presidência do Conselho Deliberativo do Fundo Baobá para a Equidade Racial. Atuou como Consultor na área de Gestão da Diversidade para inúmeras organizações como Banco Real, Itaú-Unibanco, CPFL, Grupo Abril, Fundação Ford, Fundação Kellogg, Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de Campinas, Prefeitura de Salvador, entres outras.

GAL MARTINS 

Gal Martins: Dançarina, atriz, coreógrafa, Co fundadora e Diretora da Companhia de dança Cia Sansacroma e do projeto zona Agbara. Com sua coragem, persistência e presença, uni a sua paixão pela dança para transformar realidades, utilizando narrativas corporais como a principal ferramenta de transgressão e afirmação da estética afrodescendente talentos e promovendo o empreendedorismo.

DEXTER 

Marcos Fernandes de Omena, mais conhecido como Dexter, é um cantor e compositor brasileiro, que hoje segue
em carreira solo. Foi membro do extinto grupo de rap 509-E. Adotou o vulgo Dexter em meados dos anos 90, lendo a auto-biografia de Martin Luther King Jr, quando descobriu que um de seus filhos se chamava Dexter, que significam vários adjetivos como: direito, correto liberdade e etc.

Comentários