cropped capa lula ptrj 676x320 - Ronaldo e Gabriela serão os candidatos do PT em Paraty

Ronaldo e Gabriela serão os candidatos do PT em Paraty

O Partido dos Trabalhadores de Paraty (RJ) lançou, em convenção, chapa de candidatura própria para eleições municipais. A convenção realizou-se no dia 23 de junho, pela Comissão Provisória do PT no município.

Ronaldo e Gabriela – 2018!

Por Cristiano Lafeta no facebook

“Um homem negro, quilombola, educador popular, músico. Uma mulher, filha de paratienses, educadora, diretora eleita da maior escola da cidade, reconhecida pelas transformações que sua gestão trouxe ao Cembra. Um homem formado pela necessidade da luta, criado e criador de movimentos sociais organizados, batalhador por direitos. Uma mulher indignada com um mundo cada vez mais desigual e opressor, que batalha em seu dia a dia por uma educação inclusiva, solidária, pautada pela construção da autonomia.

Uma mulher do mundo da cultura, que entende os diversos matizes que compõem nosso rico colorido multicultural. Um homem que, como secretário de cultura, foi a todas as regiões da cidade, ouviu todos os segmentos artísticos e as expressões dos povos e comunidades tradicionais e etnias diversas presentes em Paraty.

Ambos inovaram em processos de governança e gestão. A organização do Fórum de Comunidades Tradicionais (movimento social que reúne quilombolas, indígenas e caiçaras), do qual Ronaldo é uma das principais lideranças, demonstrou sua capacidade de articulação em rede, desenvolvendo e implantando diversas inovações e tecnologias sociais voltadas à promoção de territórios sustentáveis, que inspiram a nossa governança comprometida com o diálogo e à participação social. O exemplo de gestão democrática do Cembra, por sua vez, com a participação ativa dos alunos, pais e funcionários nos processos decisórios da escola, requalificou técnica e socialmente os espaços educativos, o que certamente será referência para um governo de todas/os.

Breve Histórico do Ronaldo

Filho de Francisco dos Santos e Vilma B. Santos, casado com Lucimar F. Paulo e pai do Lohan P. Santos e Akin P. Santos, Ronaldo dos Santos, que tem 41 anos, cresceu vendo a luta do seu avô na defesa do seu território. Aos 20 anos de idade assume essa luta, se tornando vice-presidente da AMOQC, Associação de Moradores do Quilombo Campinho da Independência e recebe logo então, o título definitivo do território quilombola Campinho da Independência. Ainda naquele tempo assumia lutas maiores ao se tornar dirigente do extinto COMAMP – Conselho Municipal das Associações de Moradores de Paraty, entre outros conselhos. Fundador da ACQUILERJ – Associação das Comunidades Quilombolas do Estado do Rio de Janeiro, onde foi o primeiro presidente, assumiu em seguida a direção nacional do movimento quilombola. De volta ao território, funda o Fórum de Comunidades Tradicionais, que reúne a luta dos Caiçaras, Indígenas e Quilombolas de Angra dos Reis, Paraty e Ubatuba, onde atua fortemente na luta pela Educação Pública Diferenciada e de Qualidade. Músico desde os 16, encontra no rap a combinação da arte com a crítica política, passando a integrar o Realidade Negra, primeiro grupo de rap quilombola do país. Recentemente foi eleito novamente presidente da AMOQC, a fim de ajudar a nova geração de batalhadores e batalhadores que surgem na comunidade.

Breve Histórico da Gabriela

Filha de Maria Helena Dutra Gibrail e Osmar Dias Gibrail, veio de uma família de professoras e, com isso, desde jovem, escolheu o caminho da educação. É professora há 30 anos na Educação Pública, formada em língua e literatura na PUC SP, diretora de escola, foi curadora e coordenadora da programação infantil e juvenil da Flip durante 12 anos, quando atuou na implantação de bibliotecas comunitárias e políticas de livro e leitura no município, superintendente da Casa da Cultura, onde implantou a escola de música e artes e, atualmente, diretora do Colégio Estadual Cembra.”

Anexamos ata da reunião.

Siga a pagina do PTRJ no Facebook

Comentários