21316361 992846434191995 2206310355835096718 o e1505339623787 - Nota Pública - Prisão de Garotinho

Nota Pública – Prisão de Garotinho

Por Washington Quaquá, presidente do PT-RJ

Sou adversário de Garotinho!

Mas essa prisão é um atentado à democracia e aos direitos e garantias individuais tão caras à democracia liberal-burguesa.

Trata-se de um processo eleitoral de Campos, onde inclusive o Garotinho vem denunciando perseguição por parte dos agentes da justiça e da PF. Não esqueçam também que na campanha eleitoral Garotinho enfrentou fortemente as organizações Globo.

Estamos vivendo uma ditadura da mídia, mancomunada com o aparelho jurídico/policial. Garotinho é mais um a cair pela ação de uma ditadura já instalada no Brasil.

Se há processo contra ele, que se faça um processo justo, com um juiz isento, um MP independente, uma polícia transparente e isenta, e que se apresente todas as provas e o amplo direito de defesa. Só depois de concluídas todas as instâncias de recursos é que o réu pode ser preso.

Mas isso se vivêssemos em uma democracia. Não é o caso!

Para o caso, a poesia de Bertold Brecht:

Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.

 

Comentários